quinta-feira, 21 de junho de 2018





Amo-te sabes?! Claro que sabes.
Vê-se nas minhas palavras, vê-se no meu olhar, nos meus abraços, no meu toque, vê-se no meu sorriso e até nas minha lágrimas.
Mas há dias assim, em que o peito não segura, extravasa como quem não consegue conter, e diz amo-te. Da boca para fora saem as palavras que o coração tanto quer dizer. Amo-te. Simples assim.
Sei que o sabes, sei que o sentes, sei que não esqueces, mas um amo-te assim, tem mesmo que ser dito olhos nos olhos em voz alta, ou baixinho, de mansinho ao ouvido.





quarta-feira, 20 de junho de 2018

Sobre o Amor





Escrevo estas palavras de lágrimas nos olhos. Preparem-se para chorar, para chorar muito.
Sim, é o típico filme chiché, rapaz ama rapariga, rapariga ama rapaz e quanto ao resto têm que ver, mas caramba, não há como ficar indiferente. 
É baseado no filme japonês Taiyô no uta, que claro, vou ter que ver.
Se adoram histórias de amor, daquelas que nos deixam de coração apertado e a chorar compulsivamente, então têm que ver este filme.



terça-feira, 19 de junho de 2018







Querem um filme que vos deixe a sorrir de orelha a orelha e a dançar no final?! Este é o filme a ver.
Simon é uma pessoa como outra qualquer, gosta da vida que tem, ama a sua família e amigos e tudo o que quer é o que todos nós queremos, poder ser exatamente quem é, sem medos ou segredos.
É um filme muito especial. Não deixem de ver, mesmo!